Para utilizar este site corretamente é necessário habilitar o javascript do navegador.

Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística
Porto de Suape

Movimentação de veículos cresce 38% em 2017 no Porto de Suape

Fri, 08 de September de 2017
Fonte: Porto de Suape
De janeiro a julho deste ano, 38.118 veículos foram importados e exportados pelo Porto de Suape, alcançando um crescimento de 38% em relação ao mesmo período de 2016. Só no mês passado, 4.628 automóveis entraram ou saíram pelo porto, registrando 14% de aumento perante julho de 2016. Os números mostram que Suape deve fechar o ano com novo recorde, ultrapassando 70 mil unidades. Em 2016, foram movimentados 54.677 veículos.
 
O Porto de Suape vem se consolidando, nos últimos anos, como hub port de veículos para o Norte/Nordeste do país. As montadoras GM, Jeep, Toyota e Volkswagen utilizam o ancoradouro como porta de entrada e saída dos seus automóveis, distribuindo para concessionárias da região ou exportando para países da América Latina.
 
As importações são provenientes da Argentina e México, principalmente. Já os veículos exportados têm como destino os países Chile, Colômbia, Costa Rica e Peru, além da Argentina e México.
 
Outro produto que teve destaque no mês de julho foi o trigo importado da Argentina pela empresa Bunge Alimentos. A mercadoria registrou aumento de 5,4%, somando 21.858 toneladas. No acumulado do ano, o cereal foi responsável pelo montante de 179.934 toneladas importadas da Argentina e Estados Unidos, marca 3,3% maior que o registrado de janeiro a julho de 2016.
 
A administração do Porto espera, para os próximos anos, um aumento considerável na movimentação de grãos. Isso porque o Terminal de Açúcar da Agrovia do Nordeste, instalado na retroárea do Cais 5, foi incluído no pacote de novas concessões e investimentos do Governo Federal anunciado ontem (24), por meio do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). O terminal foi autorizado a realizar a movimentação de trigo, cevada e outros grãos, além do açúcar refinado.
 
O terminal possui 72,5 mil metros quadrados e capacidade de movimentar 750 mil toneladas por ano. Para poder operar outras cargas, a Agrovia vai investir na instalação de novos equipamentos e ampliação da estrutura de armazenamento do terminal.