Para utilizar este site corretamente é necessário habilitar o javascript do navegador.

Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística
Comunicado Internacional

Auditores Fiscais aprovam deflagração de greve

Fri, 12 de May de 2017
Fonte: Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
Em Assembleia na segunda-feira (8/5), os Auditores Fiscais aprovaram a deflagração de greve. A medida foi tomada diante da informação que líderes parlamentares e membros da Comissão Mista que analisa a Medida Provisória 765/16 tentam atrasar a votação da MP para prejudicar os Auditores Fiscais.
 
A categoria decidiu que a paralisação ocorrerá nos dias 11 de maio e de 16 a 18 de maio. A suspensão das atividades acontecerá fora da repartição e sem assinatura de ponto, exceto nos setores diretamente relacionados com o despacho Aduaneiro da Zona primária e portos secos, que deverão realizar operação padrão. A greve só será suspensa caso ocorra a votação e a aprovação do relatório na Comissão Mista da MP (Medida Provisória) 765/16 e seja mantido no texto a explicitação da autoridade dos Auditores Fiscais.
 
Outro indicativo aprovado pela Classe foi a tomada de decisão pelo Sindicato das ações cabíveis, administrativas e judiciais, nos casos de retaliação a colegas em virtude da participação na campanha salarial da Classe, constatados pela diretoria de Defesa Profissional e pelo CNM (Comando Nacional de Mobilização), caso reste evidenciado abuso de poder, desvio de finalidade, assédio moral ou outra irregularidade.
 
Os Auditores Fiscais aprovaram também a realização de ato público a se realizar no dia 17 de maio (quarta-feira), no Ministério da Fazenda, em Brasília. As despesas com deslocamento e estadia dos participantes serão custeadas com recursos do Fundo de Mobilização. O ato só será suspenso caso ocorra a votação e a aprovação do relatório da MP 765 e seja mantida no texto a explicitação da autoridade dos Auditores Fiscais.
 
A DEN (Diretoria Executiva Nacional) conclama toda a categoria a participar ativamente das ações aprovadas na Assembleia.