Para utilizar este site corretamente é necessário habilitar o javascript do navegador.

Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística

“Controle e Desempenho” é tema da palestra de Paulo Storani no X Encontro Nacional COMJOVEM


O que é bom fica guardado na memória e deixa um gostinho de “quero mais”. E por acreditar nessa premissa, a coordenação da COMJOVEM Nacional, em parceria com a DBA&C Associados, trouxe para o X Encontro Nacional da COMJOVEM, que aconteceu de 9 a 12 de novembro, no hotel Sofitel Jequitimar (Guarujá/SP), as quatro palestras que mais fizeram sucesso entre os participantes das edições anteriores. 
 
A primeira palestra do evento foi com o ex-capitão do BOPE que serviu de inspiração para o personagem Capitão Nascimento do filme Tropa de Elite, interpretado pelo ator Wagner Moura, Paulo Storani. Com o tema “Controle e Desempenho”, o conteúdo abordou aspectos teóricos e práticos, conduta, qualidade e resultado como forma de controle da performance individual e coletiva.
 
 
Storani fez uma análise da alta performance no contexto da realidade brasileira. “No Brasil, não somos preparados para a alta performance. Aqui, parece que ter lucro é pecado. Então eu pergunto: porque a gente trabalha? É uma espécie de terapia ocupacional?”. Ele também comentou sobre a importância da família e da escola na formação das crianças e sobre a inversão de valores que vem acontecendo hoje. “Fazer o certo hoje deixou de ter valor. Nós brigamos com nossos filhos quando fazem algo errado, mas quando tomam uma atitude acertada dizemos: você não fez mais do que a sua obrigação”. 
 
“Precisamos rever a nossa estrutura e a forma com que estamos educando nossos filhos”. Segundo o palestrante, é importante tirar a criança da zona de conforto para estimulá-la a crescer, se diferenciar, encarar e gostar de desafios. “Temos que ser constantemente desafiados para crescer a amadurecer”. 
 
Sobre a cultura do brasileiro de esperar sempre que outras pessoas façam as coisas por ele, Storani é enfático: “precisamos de metas, de exemplos para seguir. No Brasil, nós passamos por um processo de mediocrização, somos preparados pelas nossas instituições para sermos medíocres”. 
 
 
E logo fez uma provocação para a plateia. “Qual a sua missão? Missão tem que ter relevância para você, senão não conseguirá cumprí-la. Daí surgiu a expressão “missão dada é missão cumprida. A responsabilidade da COMJOVEM é dar continuidade ao que começou lá atrás e fazer sempre melhor”. 
 
Com essa mensagem, Storani finalizou sua palestra sendo novamente ovacionado pela plateia, assim como no IV Encontro Nacional da COMJOVEM, em 2011.