Para utilizar este site corretamente é necessário habilitar o javascript do navegador.

Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística
Comemoração

Jamef completa 55 anos de história

Wed, 16 de May de 2018
Fonte: Jamef
Construir uma história de sucesso não é um caminho fácil. Do sonho até a realização, são várias etapas que exigem cuidados, muito comprometimento, paciência, perseverança e uma equipe alinhada. A história da Jamef Encomendas Urgentes teve início em 17 de maio de 1963, na cidade de Divinópolis, Minas Gerais, com apenas um caminhão. Em 55 anos, a empresa se tornou uma das maiores do setor, sendo sinônimo de agilidade e compromisso com o cliente. Hoje, a Jamef conta com 30 unidades, 1.200 veículos e mais de 3.000 colaboradores diretos. 
 
 
Atenta às necessidades dos clientes, a empresa mantém firmes os investimentos em frota, pessoas, infraestrutura, tecnologia e com os projetos de ampliações das unidades Curitiba/PR e Campinas/SP, que em breve terão novos endereços. Além disso, a Jamef espera aumentar o faturamento com o modal aéreo em 30%.
 
“Essa é, sem dúvidas, uma data muito especial para nós. Agradecemos todos os nossos colaboradores, clientes e parceiros pela confiança. Ao longo desses 55 anos, trilhamos muitas histórias, acompanhando o crescimento e o desenvolvimento de todos, vimos nossas unidades nascerem, crescerem e se fortalecerem. Somos muito gratos àqueles que nos tem ajudado a escrever nossa história de sucesso. Temos um compromisso de longas datas com nossos parceiros, isso é o que nos fortalece e aumenta a nossa credibilidade passando confiança aos nossos colaboradores e clientes. Preservamos em nossa história a tradição e os valores de uma organização sólida e levamos pelas estradas do Brasil a modernidade e velocidade de uma empresa visionária, capaz de prever tendências e de antecipar mudanças. Agora, começamos um novo ciclo e esse preparo requer valorizarmos nosso passado, conhecermos o presente e traçarmos metas cada vez mais desafiadoras para um futuro ainda mais promissor”, finaliza Ricardo Botelho, diretor-presidente da Jamef.