Para utilizar este site corretamente é necessário habilitar o javascript do navegador.

Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística
Concessão

Governo apresenta para investidores detalhes das concessões de rodovias

Wed, 01 de November de 2017
Fonte: O Atual
Em evento realizado nesta terça-feira  (31.10) em São Paulo, o governador Pedro Taques e o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, apresentaram para investidores detalhes do Pró-Estradas Concessões: Programa de Parcerias com o Setor Privado para Investimentos em Logística. Durante o Road Show também foram feitos atendimentos individualizados aos interessados em participar do programa.  
 
O Governo do Estado concederá um total de 3.125 km de rodovias até o fim de 2018. Só a primeira fase abrange 525 km, divididos em três trechos nas regiões de Alto Araguaia, Alta Floresta e Tangará da Serra. A estimativa de investimentos é de R$ 1,5 bilhão em recursos privados e a criação de 3.560 empregos nessas obras. “Demonstramos que Mato Grosso é um gigante do agronegócio e tem o cenário ideal para investimentos em logística”, afirmou o governador. 
 
Mato Grosso é o maior produtor de soja, milho e algodão do Brasil. Com crescimento exponencial de 11% da produção agrícola ao ano – no período de 1990 a 2017 -, o Estado ainda apresenta potencial para crescer muito mais nos próximos anos. 
 
“O Estado vê nas concessões uma alternativa interessante para avançarmos mais na logística. Já concluímos 2.300 km de asfalto nesta gestão, mas precisaremos de 8 mil km para termos uma infraestrutura razoavelmente compatível com a nossa capacidade de produção e necessidade social. Sem recurso próprios em caixa e falta de capacidade para empréstimos junto a União, as parcerias com o setor privado ganham força pela capacidade de mantermos investimentos”. 
 
Para se ter uma ideia, seriam necessárias 1,250 milhão de carretas de 9 eixos para transportar toda a produção de grãos do Estado. Com o alinhamento de todas elas, seria possível dar uma volta completa ao redor da planeta.  
 
Em evento realizado nesta terça-feira  (31.10) em São Paulo, o governador Pedro Taques e o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, apresentaram para investidores detalhes do Pró-Estradas Concessões: Programa de Parcerias com o Setor Privado para Investimentos em Logística. Durante o Road Show também foram feitos atendimentos individualizados aos interessados em participar do programa.  
 
O Governo do Estado concederá um total de 3.125 km de rodovias até o fim de 2018. Só a primeira fase abrange 525 km, divididos em três trechos nas regiões de Alto Araguaia, Alta Floresta e Tangará da Serra. A estimativa de investimentos é de R$ 1,5 bilhão em recursos privados e a criação de 3.560 empregos nessas obras. “Demonstramos que Mato Grosso é um gigante do agronegócio e tem o cenário ideal para investimentos em logística”, afirmou o governador. 
 
Mato Grosso é o maior produtor de soja, milho e algodão do Brasil. Com crescimento exponencial de 11% da produção agrícola ao ano – no período de 1990 a 2017 -, o Estado ainda apresenta potencial para crescer muito mais nos próximos anos. 
 
“O Estado vê nas concessões uma alternativa interessante para avançarmos mais na logística. Já concluímos 2.300 km de asfalto nesta gestão, mas precisaremos de 8 mil km para termos uma infraestrutura razoavelmente compatível com a nossa capacidade de produção e necessidade social. Sem recurso próprios em caixa e falta de capacidade para empréstimos junto a União, as parcerias com o setor privado ganham força pela capacidade de mantermos investimentos”. 
 
Para se ter uma ideia, seriam necessárias 1,250 milhão de carretas de 9 eixos para transportar toda a produção de grãos do Estado. Com o alinhamento de todas elas, seria possível dar uma volta completa ao redor da planeta.  
 
Para contribuir, o programa Pró-Estradas Concessões prevê a concessão de 3.125 km de rodovias até o fim de 2018. A primeira fase do programa abrange 525 km, divididos em três lotes, que totalizam investimentos privados de R$ 1,5 bilhão, a criação de 3.5 mil empregos e o recebimento de uma outorga no valor de R$ 74,5 milhões. 
 
Para a segunda fase, o Governo do Estado já lançou nesta semana o edital de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para atrair empresas dispostas a elaborar estudos para 12 trechos de rodovias, chegando a ordem de R$ 6 bilhões de investimentos privados, caso os trechos sejam concessionados à iniciativa privada. As modelagens dos outros 2.600
 
A embaixadora dos Emirados Árabes no Brasil, Hafsa Al Ulama, disse que a concessão pode representar uma boa oportunidade para investimentos. “Achamos muito interessante tudo que foi apresentado. Queremos nos aproximar de Mato Grosso em futuros investimentos”, disse. 
 
Representantes de traidings particiram do evento. “Mato Grosso esta no caminho certo. Diria que é refrescante ver um trabalho tão sério ser realizado, que demonstrou que o Governo do Estado tem interesse claro de melhorar as estradas. Nossa empresa é a que mais usa frete no Brasil e faz parte do nosso dia-a-dia apoiarmos iniciativas que tornam mais eficiente o nosso setor”, disse o representante da Cargill, Paulo Sousa.