Impacto do reajuste dos salários de 7,5% sobre os custos operacionais das empresas de transportes

A partir de maio de 2014, os salários de motoristas e de outras categorias operacionais, tiveram reajustes médios de 7,5% (Acordo de Convenção Coletiva dos trabalhadores em transporte rodoviário de carga – São Paulo, base do SETCESP). O valor de referência da Participação dos Lucros e Resultados – PLR, também foram reajustados em 7%, passando de R$ 500,00 para 535,00.

 

As análises do impacto dos reajustes de salários tomam como base São Paulo, porque este município detém a maior concentração de empresas de transporte rodoviário de cargas de todo o Brasil e a maior concentração de trabalhadores em transporte.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite