SEST SENAT e Abiquim lançam novo treinamento EAD do Programa Olho Vivo na Estrada

Curso estimula motoristas a identificar e relatar pequenas falhas para adoção de ações corretivas

O SEST SENAT e a Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química) estabeleceram acordo de cooperação para a revitalização do curso de formação dos condutores profissionais no Programa Olho Vivo na Estrada. O curso agora será ofertado na modalidade de ensino a distância e pode ser feito de forma gratuita por todos os contribuintes do SEST SENAT.

O Programa Olho Vivo na Estrada capacita os motoristas, que transportam cargas químicas no modal , para serem agentes de observação de comportamentos inseguros em e rodovias, identificando situações de risco e contribuindo para o desenvolvimento de ações de prevenção de acidentes.

O conceito do programa é de que, antes de um grande acidente, houve pequenas falhas nas operações que não foram devidamente tratadas. Nesse sentido, o programa estimula o motorista a relatar essas falhas, possibilitando a adoção de ações corretivas, assim como a prevenção e eliminação de atitudes inseguras.

O curso “Prevenção de Comportamentos Inseguros para Motoristas” tem carga horária de 4 horas e está disponível na plataforma EaD do SEST SENAT. Para se inscrever, basta preencher o cadastro e fazer a matrícula.

A diretora-executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart, afirma que o lançamento do novo curso, em parceria com a Abiquim, agrega ainda mais valor aos serviços oferecidos pelo SEST SENAT. “Temos um compromisso com a segurança no trânsito, e poder contribuir para que ele se torne cada vez mais seguro é um dos focos do nosso . Além disso, a oferta, que agora passa a ser na modalidade a distância, facilita o acesso e permite que mais motoristas possam participar do treinamento. O curso soma-se aos programas e projetos que o SEST SENAT já desenvolve, como o Prevenção de Acidentes e os treinamentos teóricos e práticos que utilizam simuladores de direção.”

O presidente-executivo da Abiquim, Ciro Marino, lembra que a parceria entre a associação e o SEST SENAT já existe desde 2005, para a formulação de cursos que aumentem a segurança no transporte de cargas químicas no modal rodoviário, o mais utilizado pelo setor no país. “De 2006 a 2018, com o aumento da adoção de programas como o Olho Vivo na Estrada, o setor reduziu em 70% o número de acidentes no transporte rodoviário de produtos químicos. Contamos com o conhecimento do SEST SENAT, que é especializado na qualificação de profissionais do transporte para oferecer a formação na modalidade EaD. Dessa forma, será possível ampliar o número de profissionais que serão capacitados, aumentando a segurança para todos os usuários das rodovias e das estradas brasileiras”.

Fonte: CNT

SEST SENAT


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite