Brasil teve saldo positivo de 231 mil novas empresas em outubro

Setor que mais apresentou crescimento mês passado foi o de varejista de bebidas

Nesta segunda-feira (09), o Ministério da divulgou que o Brasil teve saldo positivo de 231 mil novas empresas em outubro. Foram criadas 320,5 mil empresas contra 89,3 mil que foram fechadas mês passado.

Segundo o ministério, o comércio varejista de bebidas foi o setor que mais teve crescimento em outubro. Quando comparado a setembro, o setor teve aumento de 4,8%. Em seguida, aparecem as áreas de transporte de cargas, com aumento de 4,77%, e de promoção de vendas, com aumento de 3,2%.

O crescimento foi maior no Amapá. O estado teve 15,6% a mais de empresas sendo criadas em outubro, quando comparo a setembro. Em segundo lugar aparece o Mato Grosso, com aumento de 5,1%, e Rondônia, com crescimento de 3,7%.

O Ministério da Economia divulgou ainda que o tempo de demora para abrir um negócio diminuiu ao longo de 2020. Em outubro, a média nacional para aberta de um negócio foi de 2 dias e 17 horas. Esse tempo é o menor desde janeiro, quando os dados começaram a ser divulgados. De setembro para outubro, a queda neste tempo foi de 4 horas.

O estado em que há menor tempo de abertura de um negócio é Goiás, onde a média é de 1 dia e 2 horas. A Bahia é o estado que apresenta maior tempo para registrar uma nova empresa: seis dias e 6 horas.

Fonte: NC

Empresas


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite