ANTT prorroga a suspensão da proibição de caminhões na Ponte Rio-Niterói

De acordo com a Ecoponte, ficam mantidas as diretrizes para tráfego sobre a Ponte, como altura, largura, peso e comprimento

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou no Diário Oficial da União (dou) desta quarta-feira (29) a Resolução nº 5.885, que prorroga o prazo estabelecido na Resolução n. 5.880/2020, de 31 de março de 2020, pelo período de 60 (sessenta) dias ou até o fim da pandemia do coronavirus no País, que trata da proibição de tráfego de veículos de carga na Ponte Presidente Costa e Silva (Rio-Niterói) e seus acessos, na rodovia BR-101.

A medida prevista nesta Resolução não altera os limites de dimensão e peso ainda em vigor. Veja mais sobre a Resolução nº 5.880, de 31 de março de 2020, no link:

http://antt.gov.br/salaImprensa/noticias/arquivos/2020/04/ANTT_flexibiliza_acesso_de_caminhoes_a_Ponte_RioNiteroi_.html 

Pandemia

No dia 1º de abril o .com.br publicou matéria a respeito da suspensão. Na ocasião, a ANTT fixou a data de 30 de abril para o fim da suspensão. Entretanto, devido à expansão da COVID-19, esse prazo foi prorrogado.

Ecoponte

De acordo com a concessionária Ecoponte, responsável pela administração da Ponte Rio-Niterói, os carros de passeio estão liberados para circular normalmente, com restrições apenas para vans, ônibus, táxis e veículos de aplicativos.

Ainda de acordo com a Ecoponte, ficam mantidas as diretrizes para tráfego sobre a Ponte Rio-Niterói, como altura, largura, peso e comprimento. Além disso, permanece proibido também o transporte de cargas perigosas (inflamáveis, abrasivos, corrosivos, etc).

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite