BNDES reabre prazo de negociação de financiamento e inclui médias empresas em linha de crédito

A pedido da CNT, o BNDES reabriu o prazo de renegociação emergencial de operações indiretas automáticas; pedidos podem ser apresentados até setembro

A pedido da CNT, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) reabriu o prazo de renegociação emergencial de operações indiretas automáticas. Agora, os pedidos de renegociação podem ser apresentados até setembro deste ano. 

Além disso, a empresa que estiver com prestação vencida e não paga em abril poderá renegociá-la junto à instituição financeira credenciada, que terá o prazo de até o mês de setembro para protocolar essa solicitação no banco. 

A medida busca proporcionar alívio emergencial às empresas diante dos impactos econômicos da crise ocasionada pela pandemia da covid-19. A CNT havia considerado o prazo inicialmente estabelecido (até abril) curto demais para encaminhamento dos pedidos. 

O BNDES – também atendendo a um pleito da CNT – ampliou a linha de crédito Pequenas Empresas para apoio ao capital de giro às médias empresas com faturamento de até R$ 300 milhões. As empresas com faturamento até R$ 90 milhões seguem contempladas na linha.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite