FETRANCESC elege nova diretoria 

Em Assembleia realizada por videoconferência nesta segunda-feira, 11 de maio, foi definida, por aclamação, a Diretoria da Fetrancesc para gestão 2020-2024. Fundador da Aceville Transportes, o empresário de Joinville, Ari Rabaiolli, se mantém no cargo de presidente.

Rabaiolli terá ao seu lado o presidente da Conlog, Dagnor Schneider, já integrante da Diretoria anterior, e o empresário de Tubarão e presidente do Setram, Riberto Lima. Ambos ocuparão a função de vice-presidentes da entidade.

Após o evento virtual, Rabaiolli destacou algumas conquistas durante a gestão e ressaltou que “foram quatro anos de muito trabalho”. Segundo o líder do Transporte de Cargas de Santa Catarina, “a Fetrancesc participou ativamente de algumas reformas, como a Trabalhista e da Previdência, do Marco Regulatório. Também recebemos prêmios de mérito da &Logística e CNT, participamos das ações do SEST SENAT, seminários, discussões sobre o Pró-Cargas, criamos a Revista Fetrancesc e a plataforma Fetrancesc Digital”. Além disso, citou o empresário, “em nível Estadual tivemos duas grandes conquistas: a lei que caça a inscrição estadual do receptador de cargas e a criação da Delegacia especializada em roubo de cargas com a doação de duas viaturas. Recentemente também participamos ativamente das decisões do grupo econômico de Santa Catarina sobre os danos causados pelo coronavírus e a retomada das atividades econômicas”.

Schneider lembrou dos desafios da gestão anterior e do quanto se fez pela categoria no Estado, com fortes reflexos no cenário nacional. “Uma das mais recentes conquistas referem-se ao julgamento da ADC 48/17, ajuizada pela CNT, face à demanda gerada pela Fetrancesc. Esta ação postulava a declaração da constitucionalidade da Lei 11.442/07, no mês de abril o pleno do STF decidiu pela constitucionalidade da Lei, que entre outras determinações, estabelece que a relação mantida entre as empresas de transporte de cargas e o transportador autônomo e de natureza comercial e não laboral. Imagino que teremos uma realidade diferente em relação ao futuro. Viveremos em um País diferente pós COVID-19, testando novas práticas, distanciamento, comunicação virtual e mudança de cultura. Não conseguimos dimensionar as dificuldades, mas teremos grandes consequências econômicas e muitos desafios durante a próxima gestão”, ressaltou.

A nova forma de encontro, em meio a pandemia do coronavírus, foi comentada por Lima, que falou ainda sobre suas expectativas para o novo desafio. “A composição da chapa foi muito bem definida. Com certeza darei o máximo do meu empenho para contribuir com o transporte rodoviário de cargas, como já venho fazendo como presidente do Setram, e na Federação não será diferente. Temos acesso em nível nacional e nas outras entidades. Isso soma muito para buscarmos soluções aos problemas do nosso setor na região e em Santa Catarina”, enfatizou.

Além desses, também integram a Diretoria:

Vice-presidentes Regionais: Paulo Cesar Simioni (Setcom); Lorisvaldo Piucco (Setransc); Osmar Ricardo Labes (Setcesc); Ivanor Araldi (Sitran).

Primeiro diretor secretário: Alex Albert Breier (Setracajo).

Segundo diretor secretário: Genir Stormosk (Setplan).

Primeiro diretor Financeiro: Wilson Steingraber Jr. (Setracajo).

Segundo diretor financeiro: Djonas Cidclei Fernandes (Seveículos).

Primeiro diretor Político Institucional: Clodomir Ribeiro Alves (Sintravir).

Segundo diretor político institucional: Vilmar José Rui (Sintravir).

Conselheiro Fiscal: Eduardo Venson (Setransc); Ruy Hermes Gobbi (Sindicargas); e Carlos Augusto Rosa (Sindicargas).

Suplentes Conselho Fiscal: Antonio Seriguelli (Sintravir); Marcos Rogério Pereira (Sindiplan); Valmir Schmidtke (Setccar).

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite