Fluxo em rodovias com pedágio sobe em maio, mas tem queda de 34% em 1 ano

 

Foto: Marcos Santos/ USP Imagens 

Em 1 mês, movimento subiu 22,1%

Veículos leves têm maior variação

O fluxo de veículos em rodovias pedagiadas aumentou 22,1% em de abril para maio, recuperando parte da queda registrada no mês anterior, segundo o índice ABCR. Ainda assim, o movimento ficou 22,1% abaixo do registrado no mesmo período em 2019.

A circulação havia despencado 31,7% em abril por conta da pandemia do novo coronavírus, que deu ensejo à adoção de medidas de isolamento social por parte dos governos estaduais para diminuir o contágio.

Leia aqui a íntegra do relatório.

Para Thiago Xavier, analista da Tendências Consultoria, os dados “evidenciam a redução do índice geral de isolamento social” no Brasil. Com o afrouxamento das medidas de quarentena em várias unidades federativas, o movimento começou a voltar.

Nestes 2 meses, a variação foi mais acentuada entre veículos leves, como automóveis de passeio: a circulação subiu 28,7% em maio depois de cair 36,7% em abril, registrando uma variação negativa de 40,9% em relação a maio de 2019. No caso de veículos pesados, como caminhões e transportes de cargas, o movimento subiu 9,2% no último mês, recuperando parte da perda de 19,1% de abril. Em relação a 1 ano antes, o fluxo de veículos pesados em rodovias com pedágio desceu 15%.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite