Ministério da Infraestrutura lança selo para reconhecer boas práticas no setor de transporte

Selo Infra + Integridade deve funcionar como certificado de integridade e governança

As empresas mais engajadas com a transparência em suas gestões, com iniciativas de conformidade, responsabilidade social, sustentabilidade e prevenção à fraude e à corrupção, serão atestadas pelo MInfra (Ministério da Infraestrutura) com o selo Infra + Integridade. Os objetivos são fazer com que as empresas carreguem uma marca que funcione como um certificado de integridade e governança e fomentar a implementação de programas de compliance. Para terem direito ao selo, as empresas passarão por uma avaliação documental de conduta e idoneidade. A portaria que regulamenta o selo foi publicada na última  sexta-feira (24).

De acordo com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, a premiação busca a conscientização quanto ao enfrentamento de práticas ilícitas e antiéticas, o reconhecimento de práticas de integridade e sustentabilidade no setor de infraestrutura, além de mitigar os riscos de ocorrências de fraude e atos de corrupção. “É uma maneira que encontramos de incentivarmos uma cultura de ética e valores nas administrações privadas”, falou o ministro. 

O selo Infra + Integridade é o sétimo pilar do programa Radar Anticorrupção, criado pelo MInfra para aprimorar a gestão pública e coibir desvios de conduta e de recursos públicos. Desde que foi criado, há um ano, o programa já realizou mais de 500 análises de integridade e encaminhou 260 denúncias às autoridades policiais e a órgãos de controle.

O selo tem duração de um ano, e as empresas que o conquistarem poderão divulgá-lo em seus portfólios, documentos, materiais informativos e sites institucionais. 

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite