Vendas de implementos registra números positivos

Dentro de um contexto de uma pandemia nunca vivida pela geração atual, ter uma queda de mercado de 8,3% de vendas é quase um número positivo. A indústria de implementos rodoviários apresenta números melhores do que todos as indústrias ligadas ao transporte de carga. De janeiro a julho deste ano foram emplacados 62 mil unidades.

“O mercado está reagindo lentamente e o resultado é o recuo no percentual de retração”, explica Norberto Fabris, presidente da Anfir (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários que completa): “se essa curva positiva seguir seu caminho sem interrupções podemos esperar que o ano terá uma perda inferior a 10% mas ainda é cedo para estimar qualquer percentual”.

Algumas linhas de implementos rodoviários já registram variação positiva. No segmento Pesado são Basculante, Canavieiro, Carrega Tudo, Silo e Tanque Inox; enquanto no Leve as linhas são Baú Lonado, Basculante, Betoneira e Tanque. “A crise econômica ainda existe mas o mercado está buscando maneiras de se recuperar, com auxílio das diversas medidas tomadas pelo governo federal“, diz Fabris.

Balanço. O segmento de Reboques e Semirreboques registrou recuo de 7,7%. No período de janeiro a julho de 2020 a indústria entregou ao mercado 34 mil produtos ante 37 mil unidades no mesmo período do ano passado.

No setor de Carroceria sobre chassis a queda foi de 8,9%. Em sete meses, a indústria distribuiu 28 mil produtos. No mesmo período de 2019, as empresas entregaram aproximadamente 31 mil unidades.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite