Setor de serviços cresce 6,4% no Ceará em junho com retomada das atividades

No semestre (comparação com igual período de 2019), houve queda de 13,3% no Estado

O volume de serviços prestados no Ceará cresceu 6,4% em junho ante maio, divulgou hoje (13) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em maio, o setor no Estado havia registrado variação de -0,3% e, em abril, havia despencado 21,9%.

Em junho começou a ser posto em prática no Ceará o plano de reabertura gradual das atividades, que estavam suspensas em decorrência do coronavírus. Na segunda metade do mês, os restaurantes, parte importante do setor de serviços, voltaram a funcionar na Capital em horário reduzido.

As atividades turísticas no Estado também apresentaram um salto em junho ante maio. Houve crescimento de 13,2%. Já na comparação entre junho deste ano e igual período de 2019, o segmento apresenta queda de 69,3%.

Queda no semestre

Apesar do crescimento na comparação com maio, o setor de serviços ainda amarga fortes baixas em outras bases de comparação. Em junho ante igual período do ano anterior, por exemplo, o volume de serviços prestados despencou 21,3%.

No semestre (comparação com igual período de 2019), houve queda de 13,3%. Veja o comportamento mês a mês:

Janeiro: 1,2%

Fevereiro:-1,5%

Março:-4,6%

Abril:-21,9%

Maio:-0,3%

Junho:6,4%

Brasil

No País, os serviços cresceram 5% em junho ante maio após quatro meses de taxas negativas seguidas. Na comparação entre junho deste ano e igual período do ano passado, porém, houve recuo de 12,1%.

No acumulado do ano, o volume de serviços caiu 8,3% frente a igual período de 2019. O acumulado nos últimos doze meses (-3,3%) teve o resultado negativo mais intenso desde novembro de 2017 (-3,4%).

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite