Integrantes da COMJOVEM fazem doação para a Cruz Vermelha

Fonte: &Logística
COMJOVEM

Empresários do transporte de carga embarcam em projeto solidário para ajudar a Cruz Vermelha em meio à pandemia 

Em meio à uma pandemia de proporções ainda a serem calculadas, a ajuda de instituições e ONGs é fundamental. Entretanto, estas não podem e não conseguem se sustentar sem auxílio externo. O que está levando diversos empresários a contribuírem com projetos e ações sociais cada vez mais, como forma de se solidarizar com a dificuldade de milhares. 

Tendo este cenário em vista, alguns integrantes da COMJOVEM (Comissão de Jovens Empresários e Executivos da NTC&Logística) mobilizados pela vice-coordenadora da organização, Joyce Bessa, começaram um de transporte das doações de contêineres para a maior instituição de ajuda humanitária do mundo, a Cruz Vermelha. 

Segundo a gerente de Projetos Sociais da Cruz Vermelha Brasileira – São Paulo, Marina Dauar, as doações foram importantes para integrar o Centro de Logística e para a organização do trabalho. “Durante a pandemia recebemos toneladas de alimentos e produtos de higiene pessoal e limpeza, por isso precisamos de muito espaço para estocá-los até que o voluntariado organize e prepare os itens para doação.”, disse Dauar. 

Esta operação foi feita em conjunto: as empresas Carpo Logistics, Ergotrans e Grupo Ettori realizaram o carregamento de seis contêineres, com intermediação logística da Terra Master Logística e Transporte  para liberação no terminal de carregamento. Outros quatro contêineres serão transportados até o local pela Terra Master e pela VPL Transportes. A necessidade desse material foi advindo da constatação do tempo em que os caminhões ficavam parados esperando serem carregados.

“Quando eu fui fazer uma entrega de doação de álcool em gel para a Cruz Vermelha, me tocou muito a organização deles. Tem uma parte de seleção dos alimentos e materiais de limpeza, que são todos catalogados. Depois fazem a separação, já que eles não entregam somente o material de limpeza, é uma cesta composta por todos os itens essenciais. É como uma linha de produção.”, comentou Bessa. Ela ainda ressaltou que se colocou à disposição como transportadora para ajudar e foi informada da necessidade de trazer contêineres para o local da organização.

Após a chegada do caminhão, leva um tempo relativamente grande até todas as cestas serem carregadas, o que demanda tempo, também, da transportadora responsável pela movimentação desta ajuda. A ideia era encher o container com as cestas durante o dia e, feito este processo, colocar no caminhão para o transporte.  

A vice-coordenadora da COMJOVEM e Diretora Administrativa e Financeira da TransJordano, Joyce Bessa, ainda se mostrou surpresa com a prontidão da COMJOVEM em ajudar. “Conseguimos rapidamente ajudá-lo e ajudar milhares de pessoas a ter mais rápido esses mantimentos. Mais uma vez mostrando a força da COMJOVEM nas ações sociais”, finaliza.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite