Operação contra roubo de cargas prende 26 na Baixada Fluminense

Uma operação da Polícia Civil do RJ deflagrada nesta quinta-feira (6) na Baixada Fluminense tenta desarticular uma quadrilha de roubo de cargas e de carros. Até as 10h, 26 pessoas haviam sido presas. São 35 mandados de prisão no total.

Segundo as investigações da 59ª DP (Caxias), o bando atacava caminhoneiros, motoristas e lojistas a fim de aumentar o lucro e permitir a continuidade do domínio das favelas. Os criminosos também praticavam sequestros-relâmpago.

Alguns alvos da operação até então passavam despercebidas da atuação policial, uma vez que nem sequer possuíam anotações criminais e se deslocavam por Duque de Caxias livremente.

Durante as prisões, dois suspeitos tentaram fugir e fizeram uma família refém. Policiais da 59ªDP (Duque de Caxias), com o apoio da Core, conseguiram libertar as vítimas. Com eles, foi apreendida uma pistola. Os dois foram levados para a Cidade da Polícia.

Rodrigo Rabelo Ferreira, conhecido como Panda [de cabelo curto], é apontado pelas investigações como autor da morte de um policial militar em um supermercado em Vila Canaã, em 2016. O comparsa que também foi preso é Francisco Eldon Rodrigues Filho, conhecido como Cacá.

Outro homem detido na operação, Matheus William Pereira Valentim Máximo, apresentou aos policiais uma carteira de militar paraquedista.

Em nota, o Comando Militar do Leste informou que o soldado ingressou no Exército no ano passado.

“Confirmamos que o indivíduo preso na manhã de hoje, em operação da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, é soldado do Exército, cujo ingresso se deu em 2018. O Comando Militar do Leste vem acompanhando de perto todas as ocorrências envolvendo seus integrantes. O CML está cooperando inteiramente com as autoridades policiais e reitera que não compactua com quaisquer condutas irregulares ou ilícitas por parte de seus militares.”

Os indiciados responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de armas, organização criminosa, entre outros crimes, cujas penas somadas ultrapassam 30 anos de prisão.

A Operação Caligarium mobiliza 200 agentes e se concentra no Complexo da Mangueirinha, em Duque de Caxias. O conjunto de favelas engloba seis comunidades: Santuário, Sapo, Corte Oito, Centenário, Favelinha e Mangueirinha.

Um helicóptero dá apoio à operação.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite