Sistema CNT recebe visita do diretor de transporte da Colômbia

Nesta terça-feira (23), o Sistema CNT recebeu a visita do diretor de transporte da Colômbia, Juan Felipe Sanabria. O diretor, que é presidente do capítulo da Colômbia da CIT (Câmara Interamericana de Transportes), veio ao Brasil para uma agenda de dois dias. A iniciativa é coordenada pela CIT e faz parte de um trabalho que tem como objetivo promover a troca de experiências entre representantes do transporte das Américas.

 

b0996f04 e229 4772 8de2 541b97904e62 CorteRetangular

 “Viemos conhecer o que tem sido feito de melhor no transporte brasileiro. Queremos trocar experiências e aprender boas práticas”, destacou Sanabria. De acordo com ele, as especificidades existentes atualmente no transporte da Colômbia trazem a necessidade de mudanças, e o Brasil é um bom exemplo para a solução dessas questões. “95% do transporte de cargas realizado na Colômbia é feito pelo modal . Além disso, existe uma grande informalidade no setor e uma falta de regulamentação. Também temos problemas com falta de infraestrutura e capital humano. Acreditamos que essa visita pode nos trazer soluções para os problemas que enfrentamos atualmente.”

Na apresentação sobre os trabalhos desenvolvidos pela Confederação Nacional do Transporte, o diretor institucional, Valter Souza, destacou os estudos e as pesquisas realizadas e a atuação da entidade junto às três esferas de Poder em prol de melhorias do transporte nacional.

O diretor-executivo do ITL (Instituto de Transporte e Logística), João Victor Mendes, apresentou a estrutura do instituto, os cursos oferecidos, a Biblioteca do Transporte e a sala Fly Thinking, utilizados nos programas de capacitação dos gestores do setor de transporte.

O SEST SENAT, que atua na capacitação dos trabalhadores do transporte, também mereceu destaque na apresentação. O diretor-adjunto da instituição, Vinícius Ladeira, ressaltou os resultados alcançados pelo SEST SENAT. “Transformamos a realidade dos trabalhadores do transporte, pois temos como missão formar pessoas e trazer mais qualidade de vida para os profissionais do setor. Em 2018, realizamos mais de 10,6 milhões de atendimentos nas áreas de desenvolvimento profissional e de saúde.”

Juan Felipe Sanabria também conheceu a estrutura de uma unidade operacional do SEST SENAT, em Brasília, e teve a oportunidade de testar o simulador híbrido de direção, que é utilizado nos cursos de capacitação para motoristas profissionais, visando aumentar a segurança no trânsito e reduzir o consumo de , os gastos operacionais das empresas e as emissões de poluentes.

Na quarta-feira (24), o diretor de transporte da Colômbia se reunirá com o secretário nacional de transportes terrestres, do Ministério da Infraestrutura, Jamil Megid Júnior.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite