Fumaça sob controle. E empresas de transportes premiadas!

Todo mundo sabe que o diesel é uma das mais evidentes formas de poluição do ar. E que o setor de transportes, portanto, tem uma grande responsabilidade quando o que está em pauta é a preservação ambiental. O que pouca gente sabe, contudo, é que o mesmo setor desenvolve um projeto nacional – Programa Ambiental do Transporte, o Despoluir –, que tem como objetivo reduzir a emissão de poluentes no meio ambiente. Por meio dos chamados testes de emissão de poluentes, ônibus e caminhões mantêm seus motores regulados e podem caminhar na mesma direção do desenvolvimento sustentável.

No Espírito Santo, esse engajamento, além de melhorar a qualidade do ar e reduzir custos das empresas, dá prêmio! Na próxima sexta-feira, 16 de agosto, será realizado o Prêmio Fetransportes de Qualidade do Ar – QualiAr, a partir das 19h30, no Sest Senat Aylmer Chieppe. Este ano, o evento ambiental vai premiar 66 empresas do setor.

Quem explica melhor sobre essa relação entre manutenção veicular e preservação ambiental é o coordenador do Programa Despoluir/ES, João Paulo Lamas.

“Veículos movidos a diesel cujos motores são mantidos bem regulados emitem uma quantidade infinitamente menor de poluentes no meio ambiente. Fazemos a aferição por meio dos testes de fumaça preta, que mostram se a fumaça emitida está dentro dos parâmetros das leis ambientais. Esses testes são realizados a cada três meses ao longo do ano e quando detectamos que ônibus ou caminhões estão com índice acima do permitido, a empresa é informada e tem 10 dias para corrigir o problema”.

Lamas lembra, ainda, que esses mesmos testes são capazes de detectar possíveis problemas mecânicos dos veículos. E quando isso acontece, o técnico responsável pela avaliação informa à empresa, que fica responsável por investigar as causas do problema e corrigi-lo.

Para se ter ideia dos resultados gerados pelo Programa Despoluir, entre os dias 1º de julho do ano passado e 30 de junho deste ano, os técnicos realizaram 24.673 testes de emissão veicular, num percentual de 99,4 % de aprovação. Esses números fazem do Espírito Santo uma referência nacional quando o assunto são os resultados do Despoluir.

“Somos o Estado líder em número de aferições e aprovação. Quinze por cento do resultado nacional do programa é feito aqui no Espírito Santo”, destaca Lamas.

Novo regulamento

A edição deste ano do QualiAr está sendo realizada sob novo regulamento, que definiu novos níveis de opacidade para definir os vencedores Ouro, Prata e Bronze. A partir de agora, na categoria Bronze serão premiadas as empresas em que até 65% da frota tenha opacidade menor ou igual a 50% da requerida; na Prata, acima de 65% até 90% da frota, medindo opacidade menor ou igual a 50% da exigida; e na Ouro, acima de 90% da frota, medindo opacidade menor ou igual a 50% da requerida”, explicou ele, completando em seguida.

Lamas faz questão de argumentar que as mudanças não têm o objetivo de dificultar a conquista do prêmio. O intuito é garantir um novo salto de qualidade na atuação do Despoluir no Espírito Santo, já que só conquistam o troféu as empresas que conseguem 100% de aprovação da frota aferida, conforme critérios do regulamento disponibilizado no ato da inscrição. “Nossa proposta é aprimorar o trabalho e ampliar ainda mais o nível de excelência do serviço que prestamos”.

Serviço:

Prêmio Fetransportes de Qualidade do Ar – QualiAr

Dia: 16 de agosto

Local: Sest Senat de Cariacica

Horário: A partir das 19h30

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite