Quinze mil implementos pesados negociados na Fenatran

X_noticia_30043.jpg

Foto: Automotive Business

A indústria de implementos rodoviários comercializou cerca de 15 mil reboques e semirreboques durante os cinco dias da Fenatran, realizada em outubro no São Paulo Expo, na capital paulista. Ao divulgar o balanço nesta segunda-feira, 28, Norberto Fabris, o presidente da Anfir, a entidade que representa os fabricantes instalados no Brasil, disse que a edição de 2019 foi a melhor para o setor nos últimos anos.

“Desde as primeiras horas do primeiro dia da feira percebia-se que o evento seria diferente”, comentou Fabris, destacando que logo após a abertura dos portões do pavilhão serem abertos no dia 14, segunda-feira, já chegavam notícias dando conta de negócios fechados na feira.

A maioria das vendas deu-se no segmento dos pesados. No caso dos leves, foram comercializadas 620 carrocerias sobre chassis. Além de atender o público interno, os representantes da indústria de implementos também receberam 25 importadores de 12 países da América Latina em rodadas de negócios ao longo de dois dias.

Segundo a Anfir, participaram das negociações executivos e empresários da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai. “A ampla variedade de implementos rodoviários em um só espaço contribuiu para intensificar contatos e fechar vendas ao longo da feira”, comentou o presidente da Anfir.

Fabris lembra que o setor ainda está em recuperação com relação aos números recordes do passado, mas destaca que a curva de desempenho tem mostrado resultado positivo e constante desde o início do ano, indicando consolidação da tendência. “Assim era de se esperar que a Fenatran estaria inserida nesse contexto de recuperação e o resultado final dos negócios fechados no São Paulo Expo comprova isso”, finaliza o presidente da Anfir.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite