Presidente da FETRANCESC faz balanço de 2019 e comenta sobre as perspectivas para 2020

2557_a.JPGAri Rabaiolli comenta sobre a importância das reformas para atingir os resultados necessários para o setor em 2020

Reinvenção

2019 foi um ano de ações intensas para a Fetrancesc. A proposta era de inovar para alavancar os sindicatos filiados. E assim foi feito.

Tudo começou com o lançamento da Fetrancesc Digital, seguido da criação do Sistema Fetrancesc em virtude do desenvolvimento da nova Identidade Visual que foi adaptada aos sindicatos, e, por fim, a realização do maior evento de segurança do Transporte de Cargas do Sudeste e Sul do Brasil. Além disso, a entidade teve voz ativa nas principais reformas estruturantes pelas quais o País passou neste ano.

Ações que, na opinião do presidente da Fetrancesc, do Conselho Regional do SEST SENAT de Santa Catarina e da Transpocred, Ari Rabaiolli, alavancam o setor e evidenciam a Federação em nível nacional.

Fetrancesc: O ano de 2019 foi de transformações e a criação de novas ferramentas para o transportador associado ao Sistema Fetrancesc. Qual o balanço deste ano?

Ari Rabaiolli: Em 2019 consolidamos um trabalho iniciado no final de 2018, quando foi desenvolvida a plataforma Fetrancesc Digital. Também lançamos a nova identidade visual da Federação, seguindo o padrão da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e estendendo aos sindicatos, o que deu origem ao Sistema Fetrancesc. Além disso, fomos responsáveis pelo 3º Encontro de Segurança do Transporte Rodoviário de Cargas (TRC) do Sudeste-Sul, um evento de grande sucesso. Na oportunidade, fizemos a doação da segunda viatura 0km para a Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da Deic. Além disso, participamos de todas as discussões da Reforma da Previdência e estamos empenhados e acompanhando toda a movimentação da Reforma Tributária. Com a ajuda dos sindicatos do Sistema, trouxemos os executivos das bases para o aperfeiçoamento de suas funções e mais qualificação nas atividades.

FTSC: Como o presidente da Fetrancesc vê o mercado do TRC e que perspectivas o transportador terá para 2020?

Ari: Entendo que, a partir da Reforma da Previdência e as perspectivas da Reforma Tributária, o mercado tenha maior confiança. Com isso, aqueles investidores que aguardavam por estas reformas deverão investir no Brasil e, por consequência, contribuirão com a perspectiva de crescimento do PIB na ordem de 2% – o que será praticamente o dobro de 2019.

FTSC: O que está no radar em termos de ações da Fetrancesc para 2020?

Ari: Vamos continuar com as ações de acompanhamento da Reforma Tributária e de outras que o Governo deve propor. Também estamos com o projeto de reunir os transportadores de cargas para a Região Nordeste, para unir forças num único objetivo de tentar transferir parte ou a totalidade do transporte dessa carga, que hoje é feito pelo modal rodoviário de grande distância, para a cabotagem. Vamos continuar fazendo com que a Fetrancesc Digital tenha cada vez mais adesões, buscar mais parcerias e fortalecer as existentes. E, é claro, torná-la, de fato, uma ferramenta para trazer a recursos para os sindicatos.

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite