Pará e China estudam implantação da 1ª Plataforma de Logística Integrada da América Latina - Portal NTC

Pará e China estudam implantação da 1ª Plataforma de Logística Integrada da América Latina

Fonte: Agência Pará
Logística

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

2689.png

(Foto: ASCOM/CODEC)

O objetivo do projeto é a criação de uma estrutura de logística gerenciada pela companhia chinesa.

Na última quinta-feira, 23, uma comitiva da Sino-LAC, companhia estatal chinesa, tendo à frente o executivo Zhu Chuanin, reuniu-se com o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), Lutfala Bitar e sua equipe, com o intuito de discutir ações para a criação de uma Plataforma de Logística Integrada na área portuária e industrial de Barcarena, a primeira neste modelo na América Latina.

O objetivo do projeto é a criação de uma estrutura de logística (armazenamento, desembaraço aduaneiro, atestação fitossanitária, embalagem e transporte), gerenciada pela companhia chinesa, destinada a promover a exportação de produtos brasileiros do ramo de alimentos (proteínas animais e vegetais), para o mercado interno chinês, com desembarque na plataforma de logística no Porto de Zhuhai, na China.

“A plataforma de logística projetada na região de Barcarena se apresenta como uma excelente oportunidade de negócios ao Pará, frente à volumosa demanda dos mercados chineses e asiáticos, uma vez que o Estado destaca-se como um dos mais importantes produtores de proteínas animais e vegetais do país, além de possuir alguns diferenciais competitivos frente ao projeto, como a sua estratégica localização geográfica, mais próxima do continente asiático via Canal do Panamá, e a sua infraestrutura de transporte rodo-fluvial local, facilitando o escoamento da produção”, disse o diretor de Estratégia e Relações Institucionais da Codec, Pádua Rodrigues.

2689_a.png

A escolha da região portuária de Barcarena como a melhor opção no Brasil, para receber esse investimento, decorreu de estudos que vem sendo realizados pela Sino-LAC desde 2017, onde a forte cadeia produtiva de proteínas do estado teve grande peso, especialmente a animal (carne), que possui 4 plantas habilitadas para a exportação.

Na oportunidade, foram tratadas alternativas para a implantação de plantas de beneficiamento de produtos dentro da futura Zona de Processamento de Exportações de Barcarena (ZPE), por conta das expressivas vantagens tributárias e aduaneiras que trariam ao preço dos produtos. Tais alternativas serão aprofundadas nos próximos meses por uma comissão bilateral envolvendo representantes do Pará e da Sino-LAC.

logorodape

São Paulo

Rua Orlando Monteiro, 21 - Vila Maria
CEP - 02121-021 - São Paulo/SP
Fone - (11) 2632-1500
Whatsapp - (11) 99215-1576

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133