Fetrancesc: A reinvenção que se tornou case - Portal NTC

Fetrancesc: A reinvenção que se tornou case

Fonte: NTC&Logística
Artigo

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

2804.png

Muitos momentos marcaram a história da Fetrancesc ao longo dos seus trinta e dois anos. O maior deles, não hesito em afirmar, é o atual. Um momento de enorme transformação, realizada por um grupo de colaboradores empenhados, cheios de vontade de fazer acontecer. Esta é uma das condições que mais me honram enquanto presidente.

Eu sou o sexto presidente da Fetrancesc. Todos eles tiveram atuações bem marcantes, cada um com suas particularidades. Também já tiveram diversas pessoas fazendo as coisas acontecerem em nome da entidade, da mesma forma, com características variadas.

Mas, neste momento, o sentimento que impera na Fetrancesc é de reinvenção. É de grande importância para uma federação patronal rodar nesta rodovia, principalmente em períodos em que o modelo sindical está se transformando.

As lideranças que integram a diretoria da Fetrancesc participam de diversos conselhos, grupos de trabalho (GTs), comitês e outros grupos que fazem brainstorming e, muito por conta disso, promovem grandes iniciativas. Todas as trocas de experiências e informações realizadas nos encontros destes grupos inspiraram grandes transformações.

Um dele é o GT Estrutura de Representação do Transporte Rodoviário de Cargas (TRC), coordenado pelo ex-presidente da NTC&Logística, Geraldo Vianna, e chancelado pelo atual, José Hélio Fernandes.

Ainda falando em mudanças, tudo começou com um desafio lançado por mim, instigado pela troca de informações deste GT da NTC&Logística aos colaboradores. Propus que eles buscassem uma solução para promoção de negócios e redução de custos para as empresas do TRC associadas aos sindicatos do Sistema Fetrancesc.

Foi neste momento em que o grupo, formado por sete pessoas, ganhou uma nova parceira: a Márcia visitou quase 200 transportadores catarinenses para falar sobre a atuação da diretoria da Fetrancesc e contar tudo o que fazemos pelo setor, sobretudo para entender o que cada um destes empresários espera de nossa representação.

Ela entendeu que eles queriam novidades em termos de negócios. Queriam reuniões setoriais, grupos de trabalhos, representatividade ainda mais atuante. Também ansiavam por formatos de negócios no qual fizessem compras coletivas de produtos de qualidade, porém com preços competitivos – tudo isso com a chancela da Fetrancesc, o que lhes garantiria confiança.

O que a Márcia coletou nestas visitas foi apresentado aos colegas de trabalho: ao Maurus, ao Alan, ao Rodrigo, ao Guilherme, à Heloiza e à Camila, além de mim e do restante da diretoria. Foi um dos momentos mais lindos que presenciei: a união de todos eles para depurar estas informações e trabalharem, mais uma vez, em nome da Fetrancesc e, por sua vez, do Transporte Rodoviário de Cargas!

Foi, então, junto aos colaboradores que começou o processo de transformação do qual comentei no início. As ideias foram colocadas no papel e, em pouco tempo, o que era um desenho se tornou algo concreto. Eles foram em busca de novidades, pesquisaram, conversaram, trocaram ideias e chegaram ao que de mais inovador poderia ser criado com base nas opiniões coletadas dos transportadores: a Fetrancesc Digital, a plataforma de compras coletivas e benefícios exclusivos para as empresas que são representadas pela Federação.

Hoje a Fetrancesc Digital tem diversas empresas parceiras, de segmentos relacionados ao TRC, para oferecer o que há de melhor ao nosso transportador, bem como trouxe um novo colaborador para o grupo: o Clodomir.

Este trabalho aconteceu em paralelo às novas cores e curvas, ao novo desenho da Fetrancesc. Esta mesma equipe, da copeira, a Elizandra, a mim, municiou a agência Marcca Comunicação para o desenvolvimento de um estudo de branding, que deu origem à nova identidade visual do Sistema Fetrancesc.

Neste trabalho, tudo foi pensado em um alinhamento à identidade visual da Confederação Nacional do Transporte (CNT), “entidade mãe”, e, é claro, também ao SEST SENAT.

Outra transformação foi pensada para outro grupo que também representa a Fetrancesc: o treinamento para os executivos dos sindicatos filiados ao Sistema Fetrancesc. Foi desenvolvida uma grade curricular para um curso que já está fazendo com que eles se tornem ainda mais preparados para se relacionarem com as empresas de transporte.

Paralelamente, representamos grandes conquistas. Em ação conjunta pela repressão e consequente redução dos índices de roubo de cargas no Brasil, sobretudo em Santa Catarina, conquistamos uma Divisão de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC), vinculada à Diretoria de Investigações Criminais (Deic), e uma Lei Estadual que cassa a inscrição (estadual) de empresas receptadoras de carga roubada.

Por conta disso, uma parceria entre a Fetrancesc e a CNT viabilizou a doação de uma viatura zero quilômetros para a Divisão, logo que ela foi lançada, em 2018. E neste ano, por esta mesma parceria, outra viatura foi doada, desta vez durante o 3º Encontro de Segurança do Transporte Rodoviário de Cargas do Sudeste-Sul, em setembro.

Ao longo dos últimos anos, também atuamos em prol do Marco Regulatório, para o qual propusemos inúmeros acréscimos à redação, da mesma forma em que defendemos e sugerimos itens para as Reformas estruturantes do Brasil – Previdenciária, Tributária e Política.

Estas são algumas das tantas ações feitas pelo Transporte Rodoviário de Cargas de Santa Catarina, impossíveis de serem descritas em alguns parágrafos. Preciso dizer, portanto, que a Fetrancesc Digital, principal projeto da entidade neste momento, do qual tenho a honra de estar à frente, ainda transita em passos lentos. É fato.

Há muito o que se fazer em termos de representatividade, de atuação para beneficiar o setor. Este sentimento de vontade de fazer acontecer aumenta todos os dias, a cada início de expediente e a cada atuação dos membros da diretoria e dos colaboradores.

No entanto, arrisco afirmar que a Fetrancesc transita para atingir o patamar que sempre almejei: ser a mais forte, a mais atuante e a mais representativa federação do TRC do Brasil.

Um dia chegaremos lá! Porque somos o Sistema Fetrancesc, a reinvenção que se tornou case.

Ari Rabaiolli é Presidente da Fetrancesc

*Artigo veiculado no Anuário NTC&Logística 2019/2020

Mais Lidas

Siga no Instagram

logorodape

São Paulo

Rua Orlando Monteiro, 21 - Vila Maria
CEP - 02121-021 - São Paulo/SP
Fone - (11) 2632-1500
Whatsapp - (11) 99215-1576

ATENÇÃO!
Devido à mudança em nosso sistema de telefonia, pedimos a todos que esperem mais em linha, nosso sistema encontra-se em desvio de chamada.

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133