Governo de São Paulo leva R$ 1,1 bilhão na privatização de rodovias

Fonte: Agência Rádio Brasil
Privatizações

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

2601.jpg(Eduardo Anizelli/Folhapress)

O governo de São Paulo privatizou 1.273 km de rodovias estaduais. O leilão do trecho Piracicaba-Panorama, que liga a região de Campinas até a divisa com o Mato Grosso do Sul, aconteceu nessa quarta-feira (08), a maior concessão de rodovias já feita no país.

O grupo vencedor ofereceu R$ 1,1 bilhão pelo lote e é formado pelo Fundo Soberano de Cingapura e o Banco Pátria. A oferta foi quase 73 vezes maior que o lance mínimo definido pelo governo do estado, no valor de 15 milhões de reais, e mais que o dobro dos R$527 milhões oferecido pelo outro grupo que participou do leilão, a EcoRodovias, que contou com investidores chineses.

O governador de São Paulo João Dória comemorou o resultado. O governo negou que o ágio de 7.200% tenha sido resultado de um lance inicial subestimado do valor da infraestrutura pública.

O contrato prevê investimentos de R$ 14 bilhões durante os 30 anos de concessão. Está prevista a duplicação de 600 km de estradas e a construção de acostamentos, novos acessos, passarelas, ciclovias e vias marginais.

Já os pedágios tem como referência os valores de R$ 14,91 por 100 km de vias duplicadas e R$ 10,65 por 100 km de pista simples.

Ao final do leilão, o governador de São Paulo prometeu a privatização de todos os 21 aeroportos regionais do estado ainda no primeiro semestre de 2020.

logorodape

São Paulo

Rua Orlando Monteiro, 21 - Vila Maria
CEP - 02121-021 - São Paulo/SP
Fone - (11) 2632-1500
Whatsapp - (11) 99215-1576

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133