Governador do ES lança Almoço Executivo do Transcares e diz: “Ao invés de procurar líder, precisamos liderar!”

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
A temporada 2018 dos Almoços Executivos do Transcares teve início nesta quarta-feira, 14 de março, no Salão de Eventos do sindicato. Totalmente remodelado, o encontro mensal dos transportadores conta, a partir deste ano, sempre com uma minipalestra sobre algum assunto relevante para o segmento de cargas e logística. E o primeiro convidado deste “novo” evento foi, ninguém menos, que o governador do Estado, Paulo Hartung. Além de almoçar com o presidente Liemar Pretti, diretores, empresários e parceiros da entidade, Hartung mostrou um breve cenário econômico do Espírito Santo e do Brasil.
 
O governador chegou ao Transcares acompanhado dos secretários José Eduardo Farias, de Desenvolvimento, Daniel Farias, de Gabinete, Andreia Lopes, de Comunicação, e do coronel Daltro Ferrari, da Casa Militar, e também do subsecretário de Logística, Transporte e de Comércio Exterior, Neucimar Fraga. Diretores do Transcares, Karla Diniz, Marcos Furtunato, Luiz Teixeira, Ronaldo de Sá, Adilson Simões e Vansionir Paganini também estavam presentes, assim como superintendente do sindicato, Mario Natali, e o presidente da Fetransportes, Jerson Picoli. 
Ao justificar a escolha do governador para este primeiro almoço do ano, Pretti destacou a atuação de Paulo Hartung em favor do TRC. “Paulo acompanha nossa gestão, participou da construção do Planejamento Estratégico, assinou o Compete (Contrato de Competitividade do Transporte de Cargas). E além desse compromisso com o segmento, tem boas notícias para trazer a respeito do cenário local e nacional”.
 
Palestra
 
Em cerca de 40 minutos, Hartung “passeou” sobre os desafios e conquistas de sua atual gestão, e falou, ainda, sobre presente e futuro do Brasil. Ele começou voltando ao passado e lembrando que entre 2013 e 2014 o “Brasil vivia uma euforia mais midiática do que real”. E já naquela época, ele dizia que a economia estava afundando.
“Entre 2013 e 2014, o Brasil e o Espírito Santo estavam na direção errada, flertando com a desorganização. Foi quando iniciamos nosso ajuste fiscal, seguramos as despesas para não desorganizar de vez o Estado”, destacou ele, que teve de enfrentar, ainda, dois outros graves problemas que não estavam previstos, a crise hídrica e a tragédia de Mariana, e que afetaram ainda mais o orçamento.
 
“A crise hídrica foi a pior dos últimos 80 anos e paralisação das atividades da Samarco foi um baque para nossa economia porque a empresa representa 5% do PIB capixaba. Tivemos que adaptar essa realidade à nossa administração e conseguimos! Em plena crise, lançamos a Escola Viva – Programa Educação em Tempo Integral, o Programa Ocupação Social, estamos reformulando o SUS, mudando seu modelo de gestão. Inovamos nas políticas públicas e chegamos a 2018 cheios de boas notícias”, enumerou o governador, que ainda elencou conquistas logísticas, que impactam diretamente e positivamente o TRC.
 
 
Ele citou a nova realidade do Porto de Vitória pós-dragagem, os investimentos previstos para o Portocel e a assinatura da Licença Ambiental de Imetame, ambos em Aracruz, o licenciamento do Porto Central, em Presidente Kennedy, no sul do Estado, a inauguração do “novo” aeroporto, a vinda da Weg para Linhares. “Estamos praticamente com o futuro garantido”, aposta.
 
E por falar em futuro, Paulo Hartung confessou estar com medo do Brasil errar a mão nas eleições deste ano. Defendendo a ideia que “nenhum ambiente ruim gera coisa boa” e que não há, hoje, espaço para se viver uma nova aventura, ele disse que o grande desafio do País é olhar o mundo e copiar o que está dando certo. “Precisamos exercer uma liderança coletiva e responsável. Ao invés de procurar um líder, precisamos liderar!”, encerrou. 
 
Prato da Boa Lembrança
 
Também no almoço desta semana, o presidente Liemar Pretti lançou o novo Prato da Boa Lembrança, o presente que o Transcares oferece a convidados do evento. Em sua terceira edição, a imagem escolhida para ilustrar foi a pedra O Frade e a Freira,  duas montanhas geminadas que formam as figuras, como que esculpidas em granito. O monumento natural, um dos símbolos do Espírito Santo, está situado no municípío de Cachoeiro de Itapemirim.

Mais Lidas

Siga no Instagram

São Paulo

Rua da Gávea, 1390 - Vila Maria
CEP - 02121-020 - São Paulo/SP
Fone - (11)2632-1500

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar – Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010 - Brasília/DF
Fone - (61)3322-3133