SETCERGS envia ofício ao Governo do Estado pedindo parcelamento do IPVA

Medida beneficiará empresas Transportadoras de Cargas do RS

O transporte de cargas tem sofrido grande impacto em sua atividade econômica em decorrência da pandemia da covid-19. Por isso, o presidente do SETCERGS, Sérgio Gabardo, enviou ofício para o Secretário-Chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, solicitando que seja autorizado o parcelamento do IPVA 2021 para as empresas do setor.

“Os serviços de transporte prestados para empresas cujas atividades o Governo do Estado classificou como não essenciais geram significativo prejuízo aos transportadores” afirma Gabardo. “Tal situação decorreu por determinação do Estado que, na busca de conter e combater a pandemia, entendeu pela necessidade de suspensão de inúmeras atividades econômicas.”

Empresas e transportadores autônomos tiveram que ficar com seus equipamentos parados por vários meses, aguardando a retomada das atividades econômicas não essenciais. Além disso, houve um aumento abrupto no principal insumo, o óleo Diesel. O combustível teve seus valores majorados por 5 vezes consecutivas nos primeiros meses de 2021.

“Tal situação está gerando uma grave crise”, diz o documento enviado. “Há a necessidade de compensar parcialmente o prejuízo decorrente do período em que os caminhões ficaram parados, no mínimo o parcelamento do IPVA vencível no ano de 2021.”

A proposta do SETCERGS é que seja autorizado  o pagamento do IPVA em 6 parcelas, sem acréscimo de juros ou multa, tendo em vista que as transportadoras estão impedidas de exercerem plenamente sua atividade econômica e, portanto, sem caixa para suportar esse desembolso em parcela única.

“Entendemos que tal medida auxiliará no equilíbrio e a saúde financeira das empresa, ao mesmo tempo que possibilitará a manutenção dos empregos”, conclui o presidente do SETCERGS.

Confira aqui ofício 

Fonte: SETCERGS

IPVA

%d blogueiros gostam disto: