Transporte segue contribuindo para o desempenho da atividade econômica em 2022

PIB do setor cresceu 3% no segundo trimestre de 2022 e 11,7% em relação ao mesmo período de 2021

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do transporte no primeiro trimestre de 2022 em relação ao mesmo período de 2021 foi de 11,7%. Na comparação entre as áreas acompanhadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o cálculo do valor de todos os bens e serviços produzidos no país, o setor ficou atrás apenas de “outras atividades de serviços”, cujo percentual foi de 13,6%. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, o PIB do setor também apresentou crescimento, de 3,0%.

Esse desempenho mostra que o transporte tem sido um dos grandes impulsionadores da atividade econômica no país. A análise da Confederação está no Radar CNT do Transporte – PIB 2º Trimestre 2022, publicado nesta quinta-feira, 1º/09.

Entre os fatores que contribuíram para o resultado do PIB em geral e do transporte, destacam-se políticas de incentivo ao consumo das famílias, como liberação de parte do saldo do FGTS e antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas. O pagamento do Auxílio Brasil e outros benefícios sociais a grupos específicos, assim como as desonerações tributárias sobre e energia, também tem influência sobre esse resultado.

Saiba mais: Radar CNT do Transporte

Fonte: CNT

PIB

%d blogueiros gostam disto: