[wpme-user-name]

[wpme-user-name]

BIF 2019 reúne representantes do governo e do setor privado em SP

20191011191314694978e

Foto: Divulgação

O Brasil Investment Forum (BIF), maior evento voltado à atração de investimentos na América Latina reuniu ao longo de dois dias, em São Paulo, cerca de três mil inscritos, entre representantes do governo e de empresas brasileiras e multinacionais de 38 setores. O fórum chegou ao fim nesta sexta-feira (11/10).

“O BIF se consolidou neste ano como um evento de grande relevância para aproximação entre o setor privado e o governo. Houve uma ampla agenda de reuniões paralelas em que se discutiram parcerias e iniciativas para melhorar o ambiente de negócios brasileiros. O debate nos painéis também foi de alto nível e mostrou o que vem sendo feito e os desafios que ainda existem para o desenvolvimento da nossa ”, ressaltou o presidente da Apex-Brasil Sergio Segovia.

O BIF foi organizado pelo governo brasileiro, por meio da Agência Brasileira de Promoção de e Investimentos (Apex-Brasil), do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério da Economia, em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, do presidente do BID, ministros e governadores.

Temas como a reforma no setor de energia, agenda de inserção internacional do Brasil, agronegócio, produtividade, futuro do , defesa, investimentos em infraestrutura, sistema financeiro, padrões internacionais de negócios, novas fronteiras tecnológicas, desestatização, simplificação tributária e o papel dos bancos multilaterais foram alguns dos assuntos discutidos.

Durante o evento, a Boston Scientific Corporation (BSC), empresa norte-americana fabricante de equipamentos e dispositivos médicos, anunciou o investimento em uma nova fábrica no Brasil, em Contagem (MG). 

O Ministério da Justiça e Segurança Pública firmou acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) com o objetivo de impulsionar investimentos em segurança pública. O documento foi assinado no dia 10, pelo ministro Sergio Moro, pelo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, e pelo presidente do BID, Luis Alberto Moreno durante o BIF 2019.

O acordo pretende estimular possíveis linhas de crédito para financiar programas e projetos, assim como fortalecer os mecanismos de planejamento, governança e gestão do Sistema Único de Segurança Pública (Susp).

Fonte:


Desenvolvido por Controle Online - Desenvolvimento de aplicativos

Hospedado por Go Infinite