Flat Preloader Icon

“O Brasil tem pressa para modernizar sua logística, voltar a crescer e a gerar empregos”, diz ministro

por | mar 1, 2023 | Notícias, Outros

Fonte: Governo Federal
Chapéu: Transportes

Em São Paulo, Renan Filho destaca que retomada da capacidade de investimentos pelo governo brasileiro colocará país como líder no setor de transportes na América Latina

recomposição do orçamento do governo Federal, por meio da Emenda Constitucional do Bolsa Família, vai permitir que o Brasil retome a posição de liderança no setor de transportes na América Latina. Com o impulso, na visão do ministro dos Transportes Renan Filho, será possível voltar a crescer, modernizar sua logística e gerar emprego e renda.

A estratégia adotada para pavimentar esse caminho foi detalhada pelo ministro dos Transportes nesta terça-feira (28), durante abertura da 27ª Edição da Intermodal South America, maior evento das Américas sobre transporte de cargas, logística e comércio exterior; e em painel da 23ª edição da NT Expo – Negócios nos Trilhos, principal feira do país dedicado ao setor ferroviário.

“Graças à liderança e ao prestígio do presidente Lula, conseguimos, a partir do diálogo com o Congresso Nacional, recompor o orçamento da União, recuperamos a capacidade de investimento público na manutenção e retomada de obras de rodovias e ferrovias federais. O Brasil tem pressa para modernizar sua logística, voltar a crescer e a gerar empregos”, destacou o ministro.

Verbas

Para 2023, o Ministério dos Transportes terá R$ 18,8 bilhões para investimentos: são R$ 12,2 bilhões vindos da EC do Bolsa Família e outros R$ 6,6 bilhões previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA). Ainda estão disponíveis R$ 1,7 bilhão de restos a pagar. “Neste ano, o Ministério dos Transportes terá um volume de recursos na proporção do que o país teve nos últimos quatro anos. Isso significa dizer que vamos avançar bastante”, afirmou.

A cifra interrompe a curva decrescente de investimentos em obras e iguala os valores a patamares de 2016. Conforme o ministro, os projetos em execução no ministério buscam reduzir os custos logísticos, assegurar mais segurança às vias e aumentar a competitividade da produção nacional, o que reforça o papel de liderança do Brasil na América Latina.

Sustentabilidade

Para o ministro, o Brasil é o lugar certo para quem busca inovar e expandir as suas operações com quem deseja crescer junto com o país. A diretriz do Governo Federal é que toda a infraestrutura avance com padrões elevados de sustentabilidade e adaptada aos fenômenos extremos do clima.

“Estradas e ferrovias devem ter cada vez mais resiliência para não colapsar com enxurradas, inundações e deslizamentos. Erosões devem passar longe das estradas e habitações, sobretudo. O bem-estar das pessoas deve ser sempre o principal, e a razão de tudo. Promover a vida é o que justifica todo investimento, seja público, seja privado”, finalizou. Além de Renan Filho, os secretários nacionais de Transporte Ferroviário, Leonardo Ribeiro, e de Trânsito, Adrualdo Catão, participam da 27ª Intermodal South America e da 23ª NP Expo. Os eventos reúnem lideranças empresariais, políticas e especialistas dos setores de transportes, em três dias de programação, durante os quais são esperadas mais de 40 mil pessoas.